CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

A Grande Anistia Financeira

Grande Anistia Financeira é a parte da Grande Anistia que trata das dívidas financeiras da Sociedade e do Estado, contraídas de forma lícita e/ou ilícitas, decorrentes do intercâmbio de bens e serviços, bem como de empréstimos internos e externos, até a data em que o Sistema do MÉRITO chegar ao Poder, as quais serão tratadas observando-se os seguinte critérios: a) as dívidas contraídas de modo lícito; e b) as dívidas contraídas de modo ilícito.

Com relação às dívidas lícitas, deixarão de valer as regras do Sistema Antigo a partir da data da implantação do Novo Sistema. A seguir, sem prejuízo para a parte credora, serão trazidas para dentro do Novo Sistema Financeiro, financiadas e renegociadas para os devedores, segundo os novos critérios de prazos e juros fixos, respeitando-se as suas reais capacidades de pagamento. Dessa forma serão quitadas todas as dívidas entre particulares, sejam elas contraídas entre cidadãos ou empresas. 

As dívidas ilícitas, ou seja, aquelas contraídas mediante coação, dolo e principalmente corrupção do credor, serão sumariamente anistiadas sem qualquer ônus para o devedor.

Grande Anistia Financeira vem para fazer justiça aos Cidadãos e às Empresas que foram e ainda continuam sendo vítimas da TIRANIA (Corrupção+Injustiça+Violência) e da PERSEGUIÇÃO dos Governos Corruptos que, desviaram as finalidades do Estado para beneficiarem, de modo espúrio e ilícito, às Oligarquias Financeiras Nacionais e Internacionais, permitindo a estas provocarem a escassez artificial do capital, adulterarem a lei da oferta e da procura para se locupletarem da exploração e da especulação financeira, traduzidas em forma cobranças de juros escorchantes.

Por essa razão é que, para que se faça justiça, todas as dívidas financeiras serão refinanciadas e passarão a ser centralizadas nos Bancos Oficiais, cujas taxas de juros serão fixas, tabeladas e controladas pelo Estado que, doravante, passará a ser o grande e único avalista dos Cidadãos e Empresas Nacionais.

Com a Grande Anistia Finaceira, o Sistema do MÉRITO pretende desencadear e ampliar a operação “Nome Limpo” extensiva a todos os Cidadãos e Empresas, hoje inadimplentes e, por isso, catalogados nos registros de cartórios e de outras tantas organizações autodenominadas de “serviços de proteção ao crédito”.

Com essa medida visa, também, libertar os Cidadãos e as Empresas Nacionais do cutelo das restrições cadastrais, do medo, da exploração e das perseguições dos Governos e Banqueiros Corruptos que tantos prejuízos têm causado ao País e à Nação.

Não será demais lembrar que os mais prejudicados pelo conchavo dos Governos com os Banqueiros Corruptos têm sido, principalmente, os Cidadãos e Empresários cujas características empreendedoras, os tornaram e tornam mais vulneráveis às turbulências da Economia — decorrentes do mau planejamento, da má administração, da má direção, do mau comando e do descontrole dos Governos, — pela característica de vanguardistas da livre iniciativa e da criatividade que impulsiona o crescimento e o desenvolvimento econômico e social da nossa Nação.

A viabilidade econômica e financeira da Grande Anistia Financeira encontra-se provada e demonstrada no conjunto dos vídeos integrantes das Temáticas sobre Programa de Governo, Economia e Finanças que se acha disponibilizado nos sites www.constituintepopulareetica.com e www.unimerito.com.


Para saber mais assista, na sequência, a todos os vídeos das Temáticas Programa de Governo, Finanças e Economia.

Importante: para saber como funciona a Fonte da Corrupção na Economia, que dificulta, emperra e trava a concessão de crédito para que as empresas e cidadãos possam se desenvolver, entre outras importantes informações, vejamos o vídeo do link a seguir:

clique aqui >>>>   http://www.constituintepopulareetica.com/videos/index/categoria/economia/cod/5