CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Empresa Sólida, Economia Estável, Empresário Inquebrável

Para ser considerada uma Empresa Sólida, ela deve preencher, pelo menos, os seguintes requisitos:

1. Ter sempre Dinheiro em Caixa, disponível e suficiente, para manter todos os seus compromissos em dia, comprar e vender somente à vista;

2. A liquidez dos seus Títulos a Receber deve ser 100%;

3. O Prazo Médio dos seus Títulos e outras Contas a Receber não deve exceder a 10 dias. Tempo máximo necessário para iniciar e encerrar qualquer transação comercial (Venda);

4. Os seus Estoques Mínimos devem estar bem equilibrados, pagos e suficientes para o suprimento de 3 meses, afora o tempo de ressuprimento;

5. O Prédio onde se estabelece e todos os demais Bens do Ativo Imobilizado são próprios e pagos integralmente (uma Empresa Sólida, só opcionalmente, paga Aluguéis);

6. O Prazo Médio dos Títulos e outras Contas a Pagar não deve exceder a 10 dias. Tempo máximo necessário para iniciar e encerrar qualquer transação comercial (Compra);

7. O Passivo Financeiro está sempre centralizado, exclusivamente, num Banco Oficial e totalmente garantido pelos seus ativos;

8. O Mercado da Empresa e a sua Capacidade de Pagamento é que definem os prazos de financiamentos, as carências e as parcelas de suas amortizações;

9. O Empresário e o Estado são os seus Grandes e Únicos Avalistas;

10. Os Preços de Compra e Venda das suas Matérias Primas, Produtos e/ou Mercadorias são todos estáveis e TABELADOS.

11. As Margens de Contribuição (Lucro Bruto) são suficientes para o pagamento do seu Custo Fixo e assegurar-lhe a lucratividade e completa viabilidade com sustentabilidade;

12. A Empresa Sólida tem a consciência da existência dos Quatro Mercados, quais sejam: Mercados Interno e Externo Presentes e Mercados Interno e Externo Futuros.

13. O Crédito da Empresa Sólida é sempre Pleno (suficiente para atender a todas as suas demandas) e Público (extensivo a todos os seus Fornecedores e Consumidores).

14. A Empresa Sólida goza de completa Isenção Tributária. É desburocratizada e completamente livre da ingerência e perseguição dos Governos Corruptos. Empresa não é Coletoria de Impostos.

15. O Mercado, no qual se estabelecer, estará sempre garantido e protegido contra dumpings e concorrências predatórias.

16. O Foco da Empresa Sólida é na Produção de Bens e Serviços, na Geração de Empregos e na Distribuição de Rendas (Pagamento de Bons Pro-Labores, Salários e Dividendos).

17. A Empresa Sólida é bem planejada e estará sempre apta a pagar, sem riscos, qualquer que seja o Salário Mínimo que assegure o respeito à Dignidade da Pessoa Humana.

Em resumo: só com Empresas Sólidas teremos uma Economia Estável e Empresários Inquebráveis.

Se as Empresas Nacionais ainda não estão sólidas é sinal de que estão carentes do apoio governamental.

Este é apenas um objetivo a ser alcançado: a implantação de uma Gestão Pública e Privada Excelente, que se constitui um dos desafios que, corajosamente, está sendo enfrentado pela Assembleia Nacional Constituinte Popular e Ética.

Para tanto impõe-se como único requisito um Freio na Corrupção e o fortalecimento da Ética na Economia.

Caso queira saber mais, assista na sequência os vídeos das Temáticas Finanças, Economia e Programa de Governo que se acham disponibilizados nos sites www.constituintepopulareetica.com e www.unmerito.com e especialmente o vídeo do link abaixo:

Para isso, vá para a página inicial, clique sobre a tela da TV MÉRITO on line para fazer uma pausa e, em seguida volte e

clique aqui >>> http://www.constituintepopulareetica.com/videos/index/categoria/financas/cod/39